Buscar

Futebol, uma paixão nacional também em Libras


Texto escrito sobre fundo gramado: futebol paixão nacional também em libras


Faz exatamente um ano que o Esporte Clube Bahia entrou para a história no quesito acessibilidade e inclusão. Em 3 de abril de 2021, o clube fez a primeira transmissão do futebol nacional na língua brasileira de sinais (Libras). Foi a primeira vez que os surdos foram considerados como espectadores de uma partida do esporte que é paixão nacional.


Foi em um clássico pela Copa do Nordeste, quando o Bahia enfrentou o Fortaleza. Na época, dois intérpretes se revezaram na narração da transmissão pelas redes sociais. Veja:


O Bahia não venceu o jogo, mas certamente foi um golaço do setor de marketing do clube, que aproximou a comunidade surda do esporte mais popular do Brasil. E a iniciativa serviu de inspiração.


Em setembro daquele mesmo ano, o Vasco da Gama começou a transmitir todas as suas partidas pela Série B do Campeonato Brasileiro com narração em Libras. Foi outra ação de marketing - e até a logo do patrocinador na camisa do time ganhou ilustração de mãos fazendo datilologia (você lembra o que é?).


Foto da camisa do Vasco com uma ilustração de mãos formando as letras B, M e G em datolologia.

Ainda que no caso do Vasco a iniciativa tenha se estendido por alguns meses, os dois exemplos são de ações pontuais de inclusão e acessibilidade que não tiveram continuidade.


Hoje, não há transmissões oficiais de futebol com narração em Libras. No entanto, há clubes tradicionais que têm investido na comunicação inclusiva, principalmente nas redes sociais. Mas isso é assunto para outra hora.


 

Equipe LIBRAS-SE

tradução de vídeos para Libras em 24h

www.libras-se.com



46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo