Buscar

Tocantins tem Libras na rede estadual de ensino


O Tocantins é o único estado a incluir de Libras como componente curricular. | Foto: Juliana Carneiro/Governo do Tocantins



O Tocantins é o único estado do Brasil a iniciar o projeto de implantação da disciplina de Língua Brasileira de Sinais (Libras) como componente curricular na rede estadual de ensino. A implementação será progressiva e gradativa, chegando a toda a rede de ensino até 2025. Desde o início de 2022, a Libras está na rotina de 22 escolas estaduais, com duas aulas por semana. Por enquanto, a disciplina é dada a alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental.


“Quanto mais pessoas souberem falar em Libras dentro e fora do ambiente escolar, maior será a possibilidade das pessoas surdas se comunicarem. Além dos alunos surdos, temos a participação também de pais surdos que podem marcar presença nas aulas como ouvintes. Democratizar e dar acesso à língua de sinais possibilita a socialização e inclusão das pessoas surdas”, destacou a gerente de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação, Paola Regina Martins Bruno.


A professora Moriana Borges Araújo, que é surda e educadora na Escola Estadual Professora Maria dos Reis Alves Barros de Palmas afirma que a comunicação ainda é uma grande barreira a ser ultrapassada, mas que alguns passos importantes estão sendo dados neste sentido. “Introduzir a disciplina da língua de sinais tem sido fundamental para interação dos alunos, o progresso tem sido incrível. O estudante surdo se identifica com as minhas aulas e aceita com mais facilidade sua necessidade, entendendo a importância da comunicação para sua vida de um modo geral. Eles percebem que se fazer ouvir faz toda a diferença”.


A estudante do 5º ano, Alice Rodrigues Rocha, de 10 anos, falou sobre o amor que sente pelas aulas de Libras. “Ainda estamos no básico, mas já aprendi muitas palavras. É muito importante aprendermos mais para podermos conversar com todos os nossos amigos. Eu amo as aulas de Libras e a professora é muito legal.”


Polo de Educação Bilíngue de Surdos


Paralelo à inserção da disciplina de Libras, o governo de Tocantins instituiu uma comissão para análise e estudos da Educação Bilíngue para surdos no Estado. A missão é identificar o cenário e elaborar propostas de implantação da Libras como componente curricular, com foco na educação bilíngue para surdos.


Foi assim que surgiu o projeto Escolas Polo de Educação Bilíngue de Surdos, que conta com a parceria da Universidade Federal do Tocantins (UFT), que tem promovido a formação de profissionais da educação. Segundo o governo, serão inicialmente 14 escolas polo de educação bilíngue de surdos, a serem instaladas, em 2023. Com isso, estudantes surdos terão a Libras como primeira língua e a língua portuguesa como segunda língua na modalidade escrita.


 

Equipe LIBRAS-SE, com Governo do Tocantins

tradução de vídeos para Libras em 24h

www.libras-se.com



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo