Buscar

Você sabe o que é datilologia?


Ilustração de uma televisão com o texto o que é datilologia? muito além da xuxa

Se você foi criança nos anos 1990 ou tinha filhos pequenos naquela época, com certeza viu a Xuxa cantar seu Abecedário. Seja nos programas na televisão ou nos materiais de divulgação, a loira, que era “rainha dos baixinhos”, aproveitava para apresentar o alfabeto manual em Língua Brasileira de Sinais (Libras). Aquela é a base da datilologia - a soletração de uma palavra ou frase usando a formação de letra por letra.


Não lembra? Quer rever? Dê o play no Abecedário da Xuxa:


O alfabeto manual de Libras é uma representação, com as mãos, das letras do alfabeto da língua oral. Normalmente, a datilologia é usada para tratar de substantivos próprios (como nomes, marcas, lugares), palavras que não têm sinal conhecido, para explicar a um surdo como é a escrita em português, ou até mesmo palavras da língua portuguesa que foram incorporadas à Libras.


Imagine se toda conversação na Libras ocorresse com base nesse alfabeto manual, com um sinal para cada letra? Seria cansativo, demorado e de difícil compreensão - já que a língua, complexa como é, depende de diversos fatores para que a mensagem seja captada. Mas para a maioria das palavras existe um sinal específico em Libras.


Assim, o emprego da datilologia não substitui a Libras, que tem sua própria configuração (para saber mais, leia O que é Libras?). Os sinais soletrados podem ser considerados uma etapa ou um estágio da datilologia que apresenta forma, ritmo e movimentos próprios. Algumas palavras em Libras acabam nascendo inspiradas justamente nesses sinais soletrados, com aglutinação de letras.


E assim foram nascendo várias outras palavras na Libras. Muito legal né? E você, já sabia o que é datilologia? Conta pra gente!


 

equipe LIBRAS-SE

tradução de vídeos para Libras em 24h

www.libras-se.com

 

referências.

BARROS, Mariângela Estelita. ELiS – Escrita das Línguas de Sinais: proposta teórica e verificação prática. (Tese de Doutorado). Florianópolis: UFSC, 2008.

QUADROS, Ronice Muller de. e KARNOPP, Lodenir Becker. Língua de sinais brasileira: estudos linguísticos. Porto Alegre: Artmed, 2004.

PORTAL EDUCAÇÃO. Alfabeto Manual de Libras. Disponível em: <https://siteantigo.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/educacao/alfabeto-manual-de-libras/41153>.

TALINE GALAN STELLE, ELIZIANE MANOSSO STRIEICHEN. Os principais mitos sobre os surdos e a língua de sinais. Disponível em: <https://www.libras.com.br/download-files/libras/os-principais-mitos-sobre-os-surdos-e-a-lingua-de-sinais.pdf>.



4.548 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo