Buscar

Mandalorian fez sua própria língua de sinais




Quem é fã de Star Wars já deve ter visto: na série The Mandalorian (O Mandaloriano), o "povo da areia" usa língua de sinais para se comunicar. Um ator surdo foi recrutado para criar uma língua própria para esses personagens fictícios, considerando a cultura e o ambiente deles. A ideia era não usar a ASL - a língua americana de sinais -, porque não refletia a realidade da galáxia muito, muito distante.


A língua de sinais aparece logo na estreia da segunda temporada da série, que está disponível no Disney+. Din Djarin encontra Tusken Raiders enquanto procura por um dragão Krayt em Tattooine. Ele se comunica com o Povo da Areia usando uma série de grunhidos e gestos com as mãos. É a “Língua de Sinais Tusken”.


Para elaborar os sinais próprios daquela comunidade, um ator surdo que já havia participado da primeira temporada como integrante do povo da areia voltou como consultor. Em entrevista a um canal que entrega notícias em vídeo na língua de sinais, o ator Troy Kotsur falou sobre o processo e a importância de ser uma criação inédita e própria daquela comunidade que a série trata.



Essa foi a primeira vez que a língua de sinais aparece no universo de “Star Wars”, um marco para a indústria cinematográfica. A dúvida que fica é: será que o C-3PO saberia usar a língua de sinais já que é um tradutor de mais de seis milhões de línguas?


Que a força esteja com vocês!



 

Equipe LIBRAS-SE

tradução de vídeos para Libras em 24h

www.libras-se.com

47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo